Motivação sempre, desistir nunca! #5 - Testar Limites

Bom ano de 2017 antes começar a disparar aqui o que quer que me apeteça.
Desejo a todos que seja um ano de escolhas saudáveis, ponderadas, tranquilas e felizes. Que seja um ano para procurar rotinas saudáveis, alimentos saudáveis e sorrisos ainda mais saudáveis.
Quero começar falar sobre testar limites,
sobre testar os meus limites!




[sim cara de esforço e sofrimento eu sei]
Quando comecei a treinar com o H. não sabia fazer absolutamente nada,
não me sabia equilibrar
não tinha padrão de postura correta
não fazia os movimentos na altura certa
não corria, andava
não fazia flexões sem ser apoiada, tinha que enfiar os joelhos no chão, aliás eu não sabia fazer flexões que é diferente
levantar pesos estava fora de questão
subir e descer o step aos saltos nunca tal coisa me passava
fazer elevações do corpo, desde quando?
saltar para cima de uma box então seria sinónimo de ir ter um AVC a qualquer momento e de gritar [não sou capaz pá! - para não dizer pior]
enfim, tudo e tudo e tudo...
[podem imaginar os quilos de paciência de quem me treina]
O treino com PT tem esta vantagem, poder testar os meus limites acompanhada, e com alguém ao lado que acredita em nós
[sim até pode berrar e muitas vezes acontece e se calhar até berro de volta]
faz falta, para acreditarmos em nós próprios e nas nossas capacidades.
Testar os limites não é só enfiar o rabo num carrossel e ver se aguentamos o looping da coisa.
Testar limites é superar a nossa condição física e sentir adrenalina no corpinho quando o fazemos e pensarmos, se calhar até sou capaz, se calhar era só preguiça não sei, ou se calhar era mesmo só porque a quantidade de gordura no corpo era uma desculpa para dizer que não existiam forças, naquela momento!
Testei muito os meus limites, sobretudo no início,
tinha medo
tinha insegurança
achava que ia cair a qualquer instante
Hoje,
testo os meus limites [hoje menos], porque sei que se tiver motivação vou lá, basta querer.
prefiro testar sempre acompanhada, porque sou por natureza do meu feitio em tudo na vida insegura, mas também testo os meus limites sozinha,
não exagero porque também não apetece ficar lesionada que iria significar obrigatoriamente uma paragem
quando estou sozinha defino metas "a brincar" digamos
acompanhada acho que as metas vão sendo definidas treino após treino, vos garanto que com motivação e quilos de força de vontade conseguem
e é tão bom quando isso acontece, sinto que me consigo superar
sinto que todos os dias dou mais e melhor por mim,
sinto que cumpro os objetivos que o meu PT traçou para mim [eu sinto quando o treino me corre bem ou não]
Hoje já me consigo equilibrar
já tenho posturas corretas [tirando os dias em que chego completamente desorientada e não me concentro no que faço]
já sou capaz de correr [o máximo não é velocidade 16 como muitos gozam mas 13 [ o que eu achava IMPOSSÍVEL]
já faço flexões
já levanto pesos
já faço elevação do corpo
salto para cima da box
se fico cansada? é óbvio que fico,
mas a sensação de relaxamento e dever cumprido superam TUDO.
Testem os vossos limites, a vossa autoconfiança!
Um enorme beijinho,



Ana Luísa

You May Also Like

0 comentários